Instagram

As estatinas há muitos anos são usadas no tratamento das dislipidemias. Elas se mostram benéficas tanto em prevenção primária como em prevenção secundária para eventos cardiovasculares. 

De um modo geral, quanto maior o risco cardiovascular de um paciente, mais alta tem que ser a intensidade de tratamento de forma que haja uma redução maior do LDL sérico 

Para o cálculo desse risco, existem várias calculadoras, destacamos aqui a da SBC (Sociedade brasileira de Cardiologia) e do ACC (Colégio Americano de Cardiologistas). Links abaixo:   

👉http://departamentos.cardiol.br/sbc-da/2015/CALCULADORAER2017/etapa1.html

👉http://tools.acc.org/ASCVD-Risk-Estimator-Plus/#!/calculate/estimate/

🌍Referências: 

👉https://www.fda.gov/drugs/drug-safety-and-availability/fda-drug-safety-communication-new-restrictions-contraindications-and-dose-limitations-zocor

👉Faludi, André Arpad, et al. "Atualização da diretriz brasileira de dislipidemias e prevenção da aterosclerose–2017." Arquivos brasileiros de cardiologia 109.2 (2017): 1-76.

👉Grundy, Scott M., et al. "2018 AHA/ACC/AACVPR/AAPA/ABC/ACPM/ADA/AGS/APhA/ASPC/NLA/PCNA guideline on the management of blood cholesterol

🦊Ilustrações: Freepik.com

Sinvastatina, Rosuvastatina, Atorvastatina, Lovastatina, Pravastatina, Fluvastatina, Pitavastatina,