Instagram

🔸Betabloqueadores não são anti-hipertensivos de 1ª linha e devem ser evitados em pacientes com doenças que provoquem broncoespasmo.

🔸Mas em situações como após Infarto Agudo do Miocárdio e Insuficiência Cardíaca com Fração de Ejeção Reduzida, onde os betabloqueadores têm indicação bem estabelecida, mesmo os pacientes com Asma e DPOC se beneficiam da prescrição dessas medicações.

🔸ATENÇÃO: os betabloqueadores recomendados são os CARDIOSSELETIVOS (menor ação nos receptores β2 pulmonares).

🔸Ainda assim, a maioria das diretrizes recomenda evitar betabloqueadores parenterais nesses pacientes. Exceção seria o Esmolol, em doses baixas, que poderia ser usado com extrema cautela em urgências/emergências hipertensivas.

📚 Barroso WKS, Rodrigues CIS, Bortolotto LA, Mota-Gomes MA, Brandão AA, Feitosa AD de M, et al. Diretrizes Brazileiras de Hipertensão Arterial – 2020. Arq Bras Cardiol [Internet]. 2021 Mar 25;116(3):516–658.
📚 Thomas U, Claudio B, Fadi C, A. KN, R. PN, Dorairaj P, et al. 2020 International Society of Hypertension Global Hypertension Practice Guidelines. Hypertension [Internet]. 2020 Jun 1;75(6):1334–57.
📚 Williams B, Mancia G, Spiering W, Agabiti Rosei E, Azizi M, Burnier M, et al. 2018 ESC/ESH Guidelines for the management of arterial hypertension: The Task Force for the management of arterial hypertension of the European Society of Cardiology (ESC) and the European Society of Hypertension (ESH). Eur Heart J [Internet]. 2018 Sep 1;39(33):3021–104.
📚 K. WP, M. CR, S. AW, E. CD, J. CK, Cheryl DH, et al. 2017 ACC/AHA/AAPA/ABC/ACPM/AGS/APhA/ASH/ASPC/NMA/PCNA Guideline for the Prevention, Detection, Evaluation, and Management of High Blood Pressure in Adults: A Report of the American College of Cardiology/American Heart Association Task Force on Clinical Practice Guidelines. Hypertension [Internet]. 2018 Jun 1;71(6):e13–115.
📚 Finks SW, Rumbak MJ, Self TH. Treating Hypertension in Chronic Obstructive Pulmonary Disease. N Engl J Med [Internet]. 2020 Jan 22;382(4):353–63.

.