Win Ratio

O win ratio ou taxa de vitórias é um método usado na análise de ensaios clínicos para abordar as limitações convencionais de desfechos compostos. A ideia é priorizar alguns desfechos individuais dentro de um desfecho composto.

Em um estudo com um desfecho composto, como morte cardiovascular e hospitalização por insuficiência cardíaca, os desfechos são hierarquizados conforme sua relevância. Nesse caso, morte cardiovascular é mais relevante que hospitalização.

Em seguida, formam-se confrontos entre todos os pacientes do grupo intervenção versus todos os pacientes do grupo controle. Para cada confronto, o paciente que apresenta primeiro o desfecho mais relevante (por exemplo, morte cardiovascular) é rotulado como “perdedor” e o outro paciente é rotulado como “vencedor”. Se nenhum dos pacientes apresentar o desfecho mais relevante, a comparação passa para o próximo desfecho na hierarquia.

A proporção de vitórias ou win ratio é então calculada como o número total de vitórias dividido pelo número total de derrotas, ambos no grupo intervenção. Outra opção é dividir o número de vitórias no grupo intervenção pelo número de vitórias no grupo controle. O resultado favorece a intervenção se for maior que 1.

Este método permite uma avaliação hierárquica dos resultados, proporcionando que os eventos clinicamente mais significativos tenham precedência. 


Referências:

  1. Pocock SJ, Ariti CA, Collier TJ, Wang D. The win ratio: a new approach to the analysis of composite endpoints in clinical trials based on clinical priorities. Eur Heart J. 2012.